15/11/2014

Piada Mortal - Graphic Novels

Olá Queridos Nerd's ^-^ Hoje venho lhes mostrar outra HQ que tenho. desta vez, a Piada Mortal, uma clássica HQ do Batman (e do Coringa) escrita por Alan Moore (V de Vingança e Watchmen) e desenhada por Brian Bolland (Camelot 3000). Antes de mais nada, como sempre, devo lembrar que não há necessidade de ler nada para entender essa história, sempre procuro HQs assim para postar, mas quem é fã sabe da importância dessa HQ para o universo do Batman e para o da Batgirl. Vamos lá pessoal?
Nossa história tem inicio com nosso herói Batman se dirigindo ao Asilo Arkham, mais especificamente, a cela do Coringa. Ambos tem uma conversa filosófica até que Batman descobre que o homem ao seu lado não é o Coringa. Ele está na cidade negociando a compra de um parque abandonado. Em seguida somos direcionados a outra parte da história, a do Coringa, onde este é um comediante pobre, desempregado e fracassado. Ele se preocupa com o fato de não conseguir sustentar sua esposa e seu futuro filho. 
De volta ao presente, Batman continua buscando pistas não só do paradeiro, mas como a identidade de seu inimigo. Na casa do Comissário Gordon, Barbara é surpreendida com a chegada de Coringa, que sem mais nem menos atira na moça e supostamente a tortura enquanto seus capangas batem no Comissário Gordon. Voltamos então a história do Coringa. Ele se vê obrigado a participar de um roubo, e para "proteger" sua identidade seus parceiros o obrigam a vestir o traje e capacete do até então vilão do Batman, o Capuz Vermelho, cuja identidade original todos desconheciam. 
Barbara acorda, ela está no hospital e suas pernas não funcionam mais, porém sua única preocupação é com seu pai e com a loucura que Coringa irá fazer contra ele. No parque, Coringa prende o Comissário Gordon, além de tirar suas roupas e tortura-lo. Voltamos novamente a história do Coringa. O comediante é surpreendido pela noticia de morte de sua esposa e também seu filho, tudo está perdido, não há mais motivos para participar do roubo agora, no entanto seus parceiros o obrigam a faze-lo. 
De volta ao parque e ao presente, Coringa humilha o Comissário e o tortura da forma mais cruel possível, lhe mostrando fotos de sua filha sendo violentada. Batman, por sua vez, vai atrás de pistas para encontrar Coringa. Em seu passado, Coringa se veste de Capuz Vermelho, como seus parceiros desejavam, o que não contavam era com a visão por trás do capuz, ela era embaçada fazendo com que o comediante não pudesse enxergar, ele atrapalha o plano, Batman vai atrás dele acreditando ser o Capuz Vermelho, o comediante pula em uma água com produtos químicos e ao tirar o capuz ele já não é mais o mesmo, seus cabelos estão verdes, sua pele branca e seus lábios vermelhos de sangue, ele tornou-se o Coringa.  
Novamente no parque, Batman finalmente aparece, liberta Gordon, e este lhe diz para seguir a lei, no entanto, ninguém sabe o que passava pela cabeça do morcego. O Coringa escapa, mas Batman o encontra, eles travam uma luta cruel, até que o Coringa desiste e em seu momento de loucura, conta uma piada ao Batman, ambos começam a rir, uma luz aparece, é a polícia, a sirene começa a tocar, as risadas cessam...
O interessante nessa história é, não só a origem do Coringa criada por Alan Moore, mas o relacionamento entre o morcego e o palhaço do crime, tão como o polêmico "estupro" envolvendo a personagem Barbara Gordon (Batgirl). O final desta história também é polêmico, acredita-se que Batman teria matado o Coringa e teria perdido sua sanidade, portanto o Coringa, apesar de morto, teria vencido a batalha final entre os dois maiores ícones das HQs. O posfácio escrito por Brian Bolland dá a entender que esse final é verdadeiro "... as luzes da polícia refletem na água suja no chão e a mão do Batman alcança..."
Compre sua Edição Definitiva de Piada Mortal nos sites Livraria Saraiva, Cultura e Amazon

http://issuu.com/lasquei/docs/batman_a_piada_mortalBom, é isso gente, espero que tenham curtido a história e a postagem. Recomendo muito a Edição Definitiva de Piada Mortal publicada pela Panini. A Edição de luxo vem ainda com uma clássica história do Batman, por Bob Kane (criador do Batman) apresentando a primeira aparição do Coringa, vale muito a pena e nem custa muito hehehe. Comentem suas opiniões aqui na postagem caro leitor. Beijinhos da Dora ^-----^ Clique no ícone ao lado.