11/09/2014

Crítica de Cinema - Os Cavaleiros do Zodíaco A Lenda do Santuário

Olá Meus Queridos Nerds =^.^= Acabo de voltar do cinema, sim, eu Dora e Lígia (postadoras) fomos assistir Os Cavaleiros do Zodíaco A Lenda do Santuário, e hoje eu estou aqui para cagar regra digo, para dizer minha opinião e dar o meu veredito final sobre esse filme. Vou fazer o máximo de esforço possível para não dar muitos spoilers, mas, se preferirem, podem ler essa postagem depois de assistirem ao filme. Leiam:
http://3.bp.blogspot.com/-tnNLvW7Ik-g/U1scIvuh3lI/AAAAAAAAVaQ/wzVBEN2LA9M/s1600/Aten%C3%A7%C3%A3o.png
http://4.bp.blogspot.com/-6yIVQmZEPzY/VA3p2zz5rGI/AAAAAAAAWXI/SSnRk7ybQeA/s1600/1.png
Não quero começar entristecendo a todos, mas tenho que dizer que o filme me decepcionou um pouco. Bom, vamos começar com a música... A música tema "Hero" tocou apenas nos créditos finais do filme e "Pegasus Fantasy" não tocou nenhuma vez. Me senti meio enganada por causa do trailer. Aliais, o trailer me enganou muito em relação ao filme inteiro. A história começa com Aiolos fugindo com Atena, com o encontro dele com Mitsumasa Kido e com a suposta morte de Saga. Depois, 16 anos se passam e Tatsumi conta resumidamente a história para Saori (que não entende nada). Ela é atacada por cavaleiros de prata (mandados para a terra pelo Grande Mestre para matar Saori "a rebelde que diz ser Atena"), os cavaleiros de bronze chegam um por um se apresentando de maneira... hum... fod@. Seiya, foi super bem aproveitado, tendo um estilo bem atual de se comportar e de falar. Shiryu é visualizado como o "sabichão", muitas vezes ignorado pelos seu colegas por ser meio chato hehehe. Hyoga ficou bem mais frio que no anime, falando bem pouco e demonstrando pouca compaixão, até mesmo com seus companheiros (senti falta dele se gabando por ai hehehe). Shun, como sempre ficou fofo, sensível e amigável (ele não mudou nada). E Ikki continuou sendo o Ikki, só que não foi tão aproveitado (apareceu poucas vezes, e quando apareceu não fez nada de mais). Pela primeira vez na vida eu gostei do Seiya.
http://2.bp.blogspot.com/-YGaCGRxizAA/VA3p4-o8wTI/AAAAAAAAWXQ/pCVO0DLiiHQ/s1600/2.png
Durante o filme Seiya e Saori têm um flashback, mostrando os dois quando pequenos, mas quando se reencontraram parece que ela não conhecia nenhum dos cavaleiros de bronze. Aiolia vai até a terra para matar Saori, mas por causa do cosmo da deusa, ele desiste e acaba levando apenas a armadura de sagitário para o santuário (o que acontece com o Aiolia depois, vocês já sabem). Saori decide ir até o santuário, para entender toda essa coisa de cavaleiros, Atena e bláblá, mas é atingida por uma flecha por um cavaleiro de prata (que surge do nada). Os bronzes levam Atena para o santuário e vocês já conhecem a história... Vamos as partes ruins do que aconteceu... 1º - Máscara da Morte... Ao chegar na casa do cavaleiro de Câncer os bronzes se deparam com uma cantoria boba e uma casa cheia de rostos coloridos que cantavam também... Sei que essa parte seria responsável pelo lado cômico do filme, mas... sinceramente, foi a coisa mais boba que eu já vi na vida (isso porque estou sendo gentil), a parte só melhora quando o Shiryu é mandado para o Mundo dos Mortos. 2º - A casa de Gêmeos, Virgem, Libra, Capricórnio e Peixes não apareceram. 3º - Os cavaleiros saiam de suas casas para se "intrometerem" nas casas alheias. 4º - A morte do Afrodite foi tão ridícula, que eu nem quero mencionar (nem adianta falar que é spoiler, porque todo mundo sabe que ele morre na série original, tanto no mangá quanto no anime, então...). 5º - Saga pirou e o negócio saiu do controle... muito exagero (vocês vão entender depois).
http://4.bp.blogspot.com/-nE6_pK50ekU/VA3p6yflblI/AAAAAAAAWXY/wE0Rt_h1aFY/s1600/3.png
Partes boas (sim, tem partes boas). 1º - A comédia. Seiya foi o responsável pela parte cômica do filme, e ele conseguiu arrancar risadas do cinema todo (até da Dora, que estava com uma cara amarrada). 2º - A personalidade dos cavaleiros de bronze. Eles conseguiram passar exatamente o que cada cavaleiro representa, nem preciso dizer que adorei isso né? 3º - Os gráficos. Tem como não gostar? Eles ficaram tão bonitinhos, super profissional. Algumas pessoas não gostaram, mas eu acho que a mudança foi boa. 4º - Saori. Ela não ficou nada irritante (diferente dela no mangá e no anime), achei ela muito fofa também. 5º - É nostálgico e faz parte do coração de muitas pessoas, e isso supera tudo. FIM!
Minha Avaliação sobre o Filme: ❤ ❤ ❤ - Desculpe se eu fui muito azeda, não é minha intenção impedir as pessoas de assistirem ao filme, muito pelo contrário, quero muito que todos vocês vão ao cinema, convidem amigos e levem a família toda, porque esse filme é uma homenagem ao Masami Kurumada e como um filme não pode passar tudo que aconteceu nas 12 casas detalhadamente ele foi um resumão de tudo... Assistam e divirtam-se. Bem Meus Queridos Nerds, é isso! Espero que tenham gostado. Já assistiram CDZ A Lenda do Santuário? Vão assistir? O que acharam da crítica? Comentem! Beijinhos *-------------------------------*