12/03/2014

Críticas Sem Noção: Desenhos... Antigos - Parte 2

Olá espíritos, deuses, semideuses, monstros, magos e quem mais estiver ai com a gente.
Olha só!! Nós fomos agraciados com a Parte 2!! Ehhh!!
Cadê a animação!? Ah, deixa...
Enfim a Parte 2, onde eu e minhas convidadas (Nanda e Dora) vamos terminar de trucidar os desenhos (ou as reprises, depende do ponto de vista) que marcaram a nossa infância, calcaram nosso caráter e nos tornaram crianças felizes. Ai, que exagero... Tanto faz!
QUE SOEM OS TAMBORES!!
He-Man:
Lígia - Nunca gostei do cabelinho do He-Man, era feio demais! Mas fazer o que? Gosto não se discute, se lamenta profundamente. Na época em que eu assistia He-Man, eu não pensava nisso, mas pouco tempo depois eu me peguei perguntando: Qual a necessidade daquele homem de viver de sunguinha ou de roupinhas coladinhas? Serio minha gente, ele é um bárbaro, não um Stripper igual ao Shiryu. Mas tudo bem, ele surgiu na década de 70/80, vou dar um desconto. Mas uma coisa que sempre me deixou louca era: O que tem de tão especial no Castelo GraySkull? Porque todo mundo quer entrar lá? O poder do universo não deve ser lá essas coisas para ser mantido dentro de um castelo, que mais parece um covil do mal. Tinha dia que eu pensava que o He-Man era do mal. Mas não, ele era um cara legal, sempre tinha conselhos para dar no fim dos episódios, que aliais eram os momentos que eu mais aguardava. ^.^
Nanda - He-Man e os defensores do Universo! (dublagem épica). Eu adorava He-Man (adoro até hoje), esse desenho ensinava coisas muito importantes (principalmente no final de cada episódio, onde o He-Man dava conselhos para a galerinha, os famosos “Conselhos de He-Man"). Mas você sabe o que era ruim no desenho? Minha Resposta: O cabelo do He-Man, aquela roupa de gogo boy que ele usava, a espada do He-Man que era mais tosca que a espada da She-Ra, o fato dos poderes de Grayskull serem tão poderosos que são capazes de bronzear um homem, a mania que o He-Man tinha de usar anabolizantes, o fato do Esqueleto ser bombadão, Pacato ser um tigre VERDE SUPER covarde (e também ter uma armadura), a humildade de He-Man, cof-cof (“E eu me tornei He-Man, o homem mais poderoso do universo”) ahhhh tá, diz isso para o Super Homem querido U.U,  e outra coisas absurdas... Tipo: Aquela tanguinha PELUDA! He-Man: Reputação 0%
Dora - Bom gente, He-Man sempre foi um desenho 10 Para quem ignora os pequenos erros que ele apresenta. Um desses erros é a vestimenta do nosso amado bárbaro. Como um bárbaro pode se vestir daquela forma? Geralmente estamos acostumados a ver as figuras femininas com roupas curtas e sexys, mas He-Man é a prova viva de que um homem pode fazer um desenho de sucesso mesmo estando quase pelado. Acho que isso seria algo como uma bipolaridade, o príncipe Adam é um homem mais reservado e "delicado" (se é que me entendem) mas quando ele grita "Pelos poderes de Greyskull!" ele realmente ganha a "força" (kkkkkk chega de piadas com o cara né, coitado). He-Man sempre usou roupas estranhas, bem diferente de sua irmã gêmea She-Ra, que posteriormente ganhou um desenho só dela (que era bem bacana por sinal ^-^). Acho que She-Ra sempre teve mais respeito que He-Man, a moça possuía um cavalo só dela, enquanto ele tinha um gato verde e covarde que se transformava em um tigre. Como isso é possível minha gente? Fácil, é assim que os desenhos são, totalmente surreais, mas ainda assim maravilhosos.

Teletubbies:
Lígia - Eu tenho muitas poucas lembranças dos Teletubbies, mas eu lembro de algumas poucas coisas, principalmente que meu pai os odeia. Odeia de verdade, também, que adulto merece assistir Teletubbies por 10 anos? Eu nunca achei ruim, eu os amava, tinha os bonecos de todos. A minha favorita era a vermelhinha, Po, se não me engano. Hoje em dia eu olho pra trás e penso: Eu assistia isso? É serio, tem coisa que eu penso WHAT!? Tudo bem que era desenho infantil que tentava educar as crianças, mas a forma com que eles faziam era estranha, parecia que as crianças eram loucos passando por tratamento. Duvida? Assisti um episódio, então. Vamos ver se não é essa impressão que dá?
Nanda - “Teletubbies, Teletubbies, é hora dos Teletubbies”, ahhhhhhhhhhhhhh traumático!!!!! Por que eu assistia isso???? POR QUE??????????? Eu não sei se eu choro ou me mato. Lembrando que eu assisti essa coisa dos 2 aos 6 anos de idade, mas eu NÃO ERA RESPONSÁVEL PELOS MEUS ATOS! Quem nunca assistiu Teletubbies? Ninguém! Todo mundo já viu (se você nunca assistiu... cara... tu não é desse planeta, deve ser do planeta dos Teletubbies...). Nem quero falar do Tinky Winky e da bolsinha dele (hummmm), das comidas cor de rosa, das brincadeiras, das dancinhas, das MUSIQUINHAS, ahhhhhh que vontade de chorar! Os Teletubbies eram a Dora Aventureira da antiguidade (kkkk antiguidade)... tirando o fato de que eles não ficavam te encarando por meia hora para você responder alguma coisa o.O (a Dora é tensa... e não estou falando da postadora... mas ela também é um pouco tensa o.O). Só tenho uma coisa a dizer de Teletubbies: TIRE ISSO DOS MEUS OLHOS! APAGUE ISSO DA MINHA MENTE! SALVE-SE QUEM PUDER!
Dora - Teletubbies! Ou seriam Ets de Varginha?? Bom eu não sei, e sinceramente não sei como fui gostar dessas coisas kkkkk Concordo com a Nanda, Teletubbies era a Dora Aventureira para crianças mais retardadas do que aquelas que assistem a tal Dora, minha xará, mas que nada tem a ver comigo, ainda bem kkkk. Sim minha gente, se você não fez parte da turma que assistia Teletubbies e não sabe o que estou falando, agradeça! Sua mente foi salva de um apocalipse mental!! (se é que isso é possível kkkkk). Me lembro de um episódio em que o personagem Tinky Winky vestia uma roupinha de bailarina. Sério, aquilo é traumatizante!!!! Eu achava que ele era menino (até hoje não sei o que ele é). Só tenho uma dica, se você já viu Teletubbies, Procure esquecer!! E se você não viu, NÃO VEJA proteja a sua mente meu amigo, proteja! 

Os Cavaleiros do Zodíaco:
Lígia -AHHHHHHH!!! EU AMO CAVALEIROS DO ZODÍACO!!! Cof, Cof... Mas deixando as emoções de lado. Devo dizer que o relato a seguir não é nem um décimo do que eu tenho pra falar, tanto que vou falar só um tiquinho dos cinco principais. Seiya - PUXA SACO E BABACA!!! É sério, além dele ganhar todas, mesmo a beira da morte, ele era o único que tinha nome. Como assim? Era sempre Seiya e os outros. Porque não Ikki(MEU FAVORITO!!) e os outros? Hyoga e os outros? Shun e os outros? Shiryu e os outros? Não. É sempre Seiya e os outros. Eles não tinham nome, era Outro 1, Outro 2... O Seiya é muito burro, tapado até, a resposta tá na cara e ele não vê!! É um babaca. Shun (ou Shunny, depende do grau de intimidade) - no perdão da palavra - BICHA CHORONA!!! Sobre a opção sexual do Shun, não há necessidade de falar (quem viu Shun Cantando RoboCop Gay tá sabendo), mas a aparência dele... Pode ser descrita como andrógena, eu devo admitir que nos primeiros episódios eu achava que o Shun era uma mulher, meu primo também, tadinho, ele gostava do Shun - de acordo com meu primo, isso pode ser explicado com a frase: Quem vê peitão(a armadura tem peitos), não vê pomo de Adão. Mas cá entre nós, eu sempre quis enfiar uma rolha na boca dele quando chorava, nem meu irmão chora que nem ele, e olha que meu irmão é bem chorão. De tudo que sai da boca do Shun, 60% é choro e 39% é IKKI. Shiryu - STRIPPER!!! O cara vive tirando a armadura e as roupas, eu já entendi que você é bombado e belo querido, não precisa expor-se para o mundo, exponha-se para Shunrei. Ai, como eu queria um cabelo igual o dele... Mas me diga, qual a graça de enfiar o dedo nos olhos e ficar cego? Hyoga - CHORÃO METROSSEXUAL!! É por isso que eu amo o Mestre Camus, com um tapão ele resolveu esse seu complexo de mãe, também conhecido como Complexo de Édipo. Outro que eu queria ter o cabelo igual... Mestre Camus, não Hyoga. O Hyoga vivia choramingando por causa da mãe dele, chegava a ser irritante, tudo era: Mamãe... Mamãe... Isso quando ele não queria dar uma de arrogância em pessoa. Mestre Camus Eu Te Amo, também te amo Milo, por isso não vou roubá-lo. Ikki - TURRÃO, MAU HUMORADO QUE DEIXA O CORAÇÃO NUM POTINHO DE MAIONESE!! Ele pode ser meu favorito, mas isso é inegável. O problema do Ikki é que ele tem coração, um coração muito mole aliais, mas ele geralmente deixa o coração dentro de um potinho de maionese do lado da cama antes de sair de casa. Mas em suma, o Ikki pode ser descrito com as seguintes palavras: O Ikki é o Ikki, FIM!!! - como diz a Nanda kkk - E antes que alguém pergunte se o anime é gay, não, o anime não é gay, só tem uns momentos queima filme.
Nanda - Ah Cavaleiros do Zodíaco... Vou começar falando do personagem principal, “Seiya de Pégaso”... como é chato... é Saori isso, Saori aquilo... CHATO... Mas o que mais me irrita é que sempre é o Seiya! Seiya irá salvar Atena, Seiya irá queimar seu cosmo, Seiya irá fazer a pipoca com manteiga... sempre o Seiya! E os outros cavaleiros? Não são importantes... pô, eu nem gosto do Seiya ¬¬. “Hyoga de Cisne”, o Russo, o bonito, o loiro, o divo, o meu favorito *-----*. Hyoga conseguiu dizer mamãe mais vezes no anime do que eu já disse na vida. Parecia meio Metrossexual, mas o cara não tinha culpa de ser loiro bonito. Hyoga também era o homem dos sonhos de Shun (que já demonstrou seu afeto por ele muitas vezes no anime). Depois de ser salvo por Shun, Hyoga começa a trata-lo com mais carinho, sendo grato pelo ocorrido. E tentando protegê-lo a todo custo, procurando um dia poder pagar a Shun tudo que ele fez (nada que uns 100 reais não pague). "Shiryu de Dragão", esse ADORA tirar a roupa, ADORA!!! Tudo é motivo para ele tirar a armadura e ficar sem roupa... Shiryu gosta da Shunrei (e ela dele), mas o cara era muito ocupado para se juntar a ela, então ele preferia ficar lutando por ai, tirando a roupa e abraçando os outros cavaleiros. "Ikki de Fênix", irmão mais velho de Shun e NADA parecido com ele. Ikki foi criado na base do Biotônico Fontora , o cara não era mole não, a grande prova está em uma de suas frases ‘‘Eu não acredito nos deuses. A única coisa que eu posso contar, é com a minha própria força... ’’ Não preciso falar mais nada... Ikki tinha uma paixonite por Esmeralda (não a pedra)... mas ela morreu... então... BORA PRA OUTRA!  "Shun de Andrômeda", o delicado, o amável, o peru do nosso natal, criado a base do leite com pera. Eu poderia falar muitas coisas do Shun, mas aqui é um blog de família, por tanto só vou dizer coisas leves. Shun é o amigo da turma (bota amigo nisso BI), Shun dava a VIDA para salvar seus queridos amigos, e é um dos personagens com as frases mais... GAYS do anime, como “Não se preocupe Hyoga, eu vou te proteger”, “Shiryu, AMIGO”, “Vou esquenta-lo com meu cosmo”, “O sexto sentido é a intuição”, “Monstro insensível!”, “Agora sou homem” (não, pera, essa não fez sentido...) entre outras... Na Saga Hades, comecei a respeitar o Shun (sério, não estou fazendo uma piada...), o Shun tava tão, tão, tão FOD*, que eu disse a mim mesma “SHUN! Cara, eu retiro tudo que disse de você, cara você é muito dahora, nem acredito no que estou vendo” U.U, mas ai, eu me lembrei da fanfic que li do Shun e do Hyoga... e esqueci tudo de macho que o Shun fez na saga toda U.U.Termino minha crítica dizendo que esse anime é muito gay, mas eu amo tudo de gay nele, até por que, se não fosse gay, que graça teria?
Dora - Só tenho uma coisa a dizer: Nunca assisti isso! Sem mais comentário... 

Coragem o cão covarde:
Lígia -Eu adorava o Coragem, assisto até hoje, e devo citar coisas que eu não percebia na minha infância. Tipo, o Coragem é um personagem muito divertido e carinhoso, especialmente com Muriel, mas tem hora que ele é muito idiota, principalmente quando coloca fé nas palavras de Eustácio, um velho muito rabugento e mal educado, que sempre dava um jeito de assustar o pobre bichinho. A Muriel era muito paz e amor, e por vezes tapada, ela não via quando as coisas estavam ficando estranhas, tipo, uma pessoa suspeita bate na porta da casa dela declarando não querer nada demais e, coincidentemente, sempre estava disposto a fazer algo que Muriel queria ou desejava. Quem em sã consciência abriria a porta para uma pessoa suspeita, geralmente, no meio na noite? Acho que ela anda usando substancias ilícitas, talvez Pó de Diamante... Hun... Eustácio era outro. O cara só pensava em dinheiro e, por diversas vezes, parece que ele da mais valor para alguns Obamas do que pra própria esposa, que deve ter uma santa paciência para aguentar esse homem, o que deve ter me atingido de certa forma, porque admito, eu sou muito gananciosa, mas nunca trocaria minha família por dinheiro. Sem contar que ele é muito mau com o Coragem, poxa, o que o pobrezinho fez?
Nanda - Coragem o Cão covarde... o nome já não faz sentido algum, depois descobrimos que Coragem mora em Lugar Nenhum (onde fica isso? em lugar nenhum ora pois... onde mais ficaria '--). Mas esse desenho era muito engraçadinho (era o divertimento do meu dia), tudo por que o Coragem (que coragem que é bom, ele não tinha), morria de medo de tudo (tudo mesmo... até da própria sombra) o cara era mais medroso que o Scooby e o Salsicha juntos kkkkkkkkkk. Mas não é para menos, Muriel (sua dona) mimava o cachorro sempre (isso explica o por que dele sempre pular do colo dela quando se assusta). Já seu dono Eustácio sempre maltratava Coragem, tudo por que o cara Eustácio era um velho ranzinza que queria ser milionário mas nunca conseguiu... Eu poderia citar muitas criaturas... mas a maioria delas são imaginações do Coragem...
Dora - Gente, eu adorava assistir Coragem o cão covarde ^---^ Mas temos que admitir que o Coragem era um cachorro muito estranho, primeiramente, ele era rosa o.O e falava, igual a um doido, mas ainda assim falava, sem falar que o nome dele não tinha nada a ver com a sua personalidade, ele era o cachorro mais covarde e burro de todos os tempos, com isso percebemos que todos os episódios se tratavam de coisas assustadoras como por exemplo, monstros, afinal, é o Coragem, o cão covarde, e temos que ver a sua covardia kkkkkk. A Muriel era uma personagem super fofa, é o tipo de senhora que adora animais e vive constantemente com eles, enquanto seu marido Eustácio era o contrário, fazia o tipo de senhor que não suportava animais e vivia maltratando o cachorrinho feio Coragem. Ainda assim, era bem divertido assistir ao desenho, Coragem era uma cachorro muito louco e assustado, e fazia a gente rir bastante em casa kkkk

Du, Dudu e Edu:
Lígia -Olha, eu não tenho muito a dizer, só que esse desenho era o programa de retardado da minha época (nossa eu sou muito velha), ou seja, era o Hora de Aventura e Apenas um Show da minha época. E antes que alguém atire pedras, é programa de retardado SIM, não tô dizendo que você é retardado, tô dizendo que foi um desenho criado por retardados, que tem como objetivo transformar os demais em retardados. Graças a Deus que eu só assistia esse desenho porque os outros vinham logo em seguida, e não porque eu gostava.
Nanda - Bom... desenho zoeiro... sem nada a acrescentar na vida de ninguém (por que eu assistia essa coisa... por que não tinha nada para fazer... e desenhos legais passavam em seguida, então...). As únicas coisas legais dos desenhos são: A máquina de bolacha (ou biscoito, sem preconceito) e a máquina de chiclete (mas essa era meio tosca...). Mas tosca que a máquina de chiclete (que tinha a mesma cor da sopa dos Teletubbies) era um menino (se não me engano se chamava Johnny) que tinha como melhor amigo um pedaço de madeira chamado Plank o-O (se você conhece algo mais tosco que isso, eu te desafio! Coloque nos comentários... mas eu duvido muito...).  Até hoje me confundo... Quem é Du, Dudu e Edu... dane-se.
Dora - Cara, a Lígia disse tudo, Du, Dudu e Edu era o desenho mais retardado da nossa época. Os personagens viviam fazendo caras e bocas, e os episódios não tinham sentido nenhum, talvez essa deveria ser a intenção do criador do desenho. Toda a vez que assisto a um episódio do desenho, quase choro, como pude assistir essa coisa? Ele passava antes dos desenhos que eu queria ver, assim como pokémon. Acontece que esse desenho era bizarro demais e não tinha lógica alguma! O desenho possuía muitos personagens, dos quais, uma era mais ridículo que o outro kkkkk Mas, ridículo ou não, fez parte da minha infância, infelizmente.

Johnny Bravo:
Lígia - Eu nunca consegui entender o Johnny Bravo, tipo, eu podia ser uma pirralhinha, mas eu sabia identificar uma pessoa bonita, e Johnny era um cara alto, forte e loiro, só faltava o olho azul, mas ele era muito babaca '¬.¬ E as cantadas eram ainda piores... Acho que as únicas pessoas que gostavam dele de verdade, era a mãe dele, um garoto de óculos - que não vou lembrar o nome agora - e uma garotinha ruiva, que se não me engano era vizinha dele. O Johnny fazia jus à aquele dito popular de que todo loiro é burro, e o pior é que ele era burro mesmo, e pra pior ainda, ELE MORA COM A MÃE!!! O cara é um monstro e mora com a mãe!! E ainda se comporta como uma criança de cinco, não, de três anos. O cara parece aqueles dinossauros dos documentários, grande no tamanho, pequeno no cérebro, um cara bem humirde. Por favor, sintam a ironia.
Nanda - Você conhece algum loiro, alto, bonito, musculoso e vaidoso que não pega ninguém? o.O difícil né? Eu conheço... Johnny Bravo! Ele é o primeiro homem com todas essas qualidades que não pega nem resfriado... tudo por que Johnny tem a péssima mania de fazer "cantadas" terríveis (TERRÍVEIS!!!!). Vê se essa cantada é coisa que se diga: "Ei gatinha, como é falar com o homem dos seus sonhos?" afff Johnny você me envergonha... Ele é todo lindo, mas quando abre a boca... só sai MERDA. Acho que se ele fosse mudo iria fazer mais sucesso com a mulherada... Ahhh mas não é apenas isso que acaba com a fama de Johnny Bravo... ah não... Johnny é um homem feito e ainda mora com a mamãezinha '-- aff que ridículo... se ele fosse um cara frágil (até aceitaríamos), mas o cara é um cavalo... Além de tudo isso, Johnny ainda é burro (assim não dá). Pode ser lindo, mas com esse cérebro de amendoim... não dá Johnny... Mas tudo bem, a gente ainda te ama kkkk. Moreno, alto, bonito e sensual... talvez eu seja a solução do seu problema... ignorem o moreno.
Dora - Ai ai, Johnny Bravo era um desenho legal. Johnny era um cara bonitão, porém, não conseguia nenhuma garota... Broxante não acham? Mas temos que admitir que o personagem era muito atrevido, exibido e egocêntrico e desse jeito nunca iria ter uma namorada kkk Ele era um garotão mimado e era tratado pela mãe como se fosse uma criança, afinal, sua mãe é super protetora. Os episódios de Johnny Bravo são bem curtos, tendo duração de uns 6 minutos, mas ao todo são bem divertidos. Costumam mostram Johnny atrás de garotas, ou em aventuras com Cacá, seu melhor amigo nerd, que constantemente é evitado pelo personagem principal, ou mesmo no restaurante de Pops, junto com Cacá ^----^