17/04/2013

The Saga of the Games

Olá espíritos, deuses, semideuses, monstros, magos e quem mais estiver ai com a gente.
Entendam este post como um prólogo (acho essa palavra tão bonita!).
Passarei a fazer post's que contam a história de várias sagas de jogos de PC e Vidiogames,
dentre eles citarei God of War, The Elder Scrolls, Resident Evil, Assassin's Creed e por ai
vai (aceito sujestões, sou viciada em games, mas nem tanto).

Ah, um pequenino aviso, contém cenas proibidas para menores de 18 anos,
peçam permissão ao seus pais quem não está acostumado com essas coisas.
Vamos a uma resumida básica dos primeiro da lista, os que eu sitei logo acima:

God of War
Pra resumir o que eu entendi até agora.
Kratos é um semideus, filho de Zeus, que foi o general do exercito espartano leal aos deuses,
o cara tinha até família, era de certa forma feliz, até que aconteceu um terrível "acidente",
sua família morreu e sua vida virou uma verdadeira desgraça, pra não falar outra coisa.
Até aqui o testemunho é meu, porque meu irmão quebrou o PS2, a partir daqui o testemunho é
 do meu primo, que é muito mais viciado que eu. Depois de muita encrenca e morte e sofrimento
e... enfim. Ele passou a odiar os deuses e quer destruí-los a todo o custo até que... spoller, não
falarei mais nada. Mas posso garantir que é muito legal, vale a pena jogar.
Olha só o trailer do 3° jogo: God of War.

The Elder Scrolls
Até agora a série tem cinco jogos, Arena, Daggerfall, Morrowind, Oblivion e Skyrim são
conhecidos pela sua jogabilidade muito versátil, você faz o que quiser e quando quiser,
mas também tem a oportunidade de jogar seguindo a historia, com um fim aberto. O
ambiente dos jogos é enorme. É importante ressaltar a mitologia e história do universo da
série: gigantesca, é comparável mesmo ao universo Tolkien.
As histórias giram em torno de um enredo parecido, o personagem "surge" no local onde
a história se desenrola e ele é o "escolhido"; em Morrowind, por exemplo, o nome é
Nerevarine, enquanto em Skyrim o nome é Dovahkiin; e ele tem que deter os seres da
escuridão e o chefão deles, que normalmente são demônios.
Dêem uma olhadinha nessa montagem de Skyrim, a música pode até não ser a
mais agradável, mas a montagem é muito boa: Dovahkiin.
E esse é o trailer do mesmo: Skyrim.

Resident Evil 
A franquia é constituída por história em quadrinhos, livros, filmes e uma variedade de coleções,
incluindo figuras de ação e guias de estratégias. Foi influenciada pelos filmes de George A.
Romero e também pelo jogo Alone in the Dark. Os personagens principais são Chris
Redfield e Jill Valentine (estes surgiram no Resident Evil original) e Leon Scott Kennedy e
Claire Redfield (que surgiram na sequência Resident Evil 2).
A história se passa em um meio a um (porque isso não me surpreende?) apocalipse zumbi.
É um ótimo jogo para se descontar a raiva.
Esse é o trailer do 6° jogo: Resident Evil 6.

Assassin's Creed
A série é centrada em uma eterna batalha travada entre Assassinos e Templários ao longo da
história da humanidade. A maior parte da série é contada a partir da visão de Desmond Miles,
que através de memórias de seus ancestrais, revive épocas como Terceira Cruzada da Terra
Santa, o Renascimento e a Revolução Americana, na esperança de encontrar alguma forma de
 deter os Templários que querem instaurar uma Nova Ordem Mundial. Já tem a confirmação de
 um quarto jogo, com o tema da pirataria, intitulado Assassin's Creed - Black Flag.
Os personagens são: Altaïr ibn-La'Ahad, um sírio muito serio. Ezio Auditore, um florentino mimado
 e carismático. E Connor Kenway, seu nome verdadeiro é Ratonhnhaké:ton, eu também mudaria
se fosse comigo, um mestiço de nativo americano e inglês, tão serio quanto Altaïr e mimado como
 Ezio, mas sem seu carisma, talvez o mais mau humorado de toda saga.
Esse é de longe o meu trailer favorito: Assassin's Creed - Revelations.

Créditos de texto: Eu, Meu Primo e Nossos Amigos Viciados em Games.

Esperam que tenham gostado dessa prévia.
Bjs.