02/11/2012

Desenhos, desenhos meus...

Olá espíritos, deuses, semideuses, monstros, magos e quem mais estiver ai com a gente.
Viu? Eu to cumprindo a minha palavra, tô aqui de novo para encher o saco de vocês. Mas já vou avisando que quando este meu momento criativo acabar eu vou sumir por um tempo, então é melhor se acostumarem.

Mudando de assunto. Hoje vim postar sobre algo que faz um bom tempo que eu prometi, mas que até agora não fiz porcaria nenhuma. Os meus desenhos, é hoje que vocês os veram e podem acreditar, eu estou dando pulinhos de alegria de estar compartilhando eles com todos.
Bem, chega de baboseira, mostra logo os desenhos para eles.



Esses são os que eu fiz antes de entrar para o curso.

Antes de entrar no curso eu pegava um esqueleto já pronto e fazia o que eu queria em cima, ou seja, eu pegava um personagem que já existia e transformava ele em um personagem meu. Ex: o desenho da menina com a foice, na realidade é a Aninha da Turma da Mônica Jovem. Eu tinha vergonha de fazer aquilo, eu pensava que na realidade estava mentindo para os meus amigos, mas não, de acordo com o meu professor Rodrigo, era a forma que eu demonstrava o meu talento já que eu tinha um medo tremendo de errar alguma coisa e estragar tudo.

E estes o que fiz depois de entrar no curso.







Agora eu faço tudo com mais confiança, ainda estou aprendendo,
então é claro que estes não são os melhores desenhos do mundo. Espero
continuar a melhorar cada vez mais, porque eu quero trabalhar como desenhista.

Vou dar um conselho. Não importa qual é o seu talento, todo mundo tem um,
 pode até não ser um muito conhecido, mas o desenvolva, pode ser como hoob ou
 para viver disso, como eu. Persiga os seus sonhos e não desista deles. Tenha
sempre em mente um Plano B. Mas o mais importante, é que você seja feliz fazendo isso.

Bjs.